Tuesday, April 11, 2006

Lá se vai a história do mítico "Nessie"

Aqui há dias, li uma notícia no jornal do metro, aquele “jornalzinho” que todas as manhãs temos o prazer de encontrar, gratuitamente em qualquer autocarro, e fiquei abismada! Num “quadradinho pequenino” vinha um artigo a falar do “Monstro de Loch Ness”! Ora eu, que sou doida por essas histórias míticas, não poderia deixar de ler uma notícia dessas! Desde pequena que sou fascinada por histórias de monstros, fantasmas, extraterrestres, Abominável Homem das Neves e este Monstro famoso do Lago Ness! Bem e continuando o relato da leitura do artigo, qual não foi o meu espanto, quando constatei que um estudo feito por Neil Clark, um paleontólogo do Hunterial Museum da Universidade de Glasgow, na Escócia, afirma que Nessie, poder ser na verdade, uma “ideia publicitária” do dono de um circo, ao ver um dos seus elefantes a banhar-se no lago! Segundo o investigador, em 1933, um empresário circense ofereceu 20 mil libras a quem conseguisse capturar o animal para o seu circo. Muitas das imagens do suposto monstro correspondem a troncos flutuantes ou a ondas, mas a partir de 1933 há testemunhas que afirmam ter visto uma criatura de cor cinzenta, como a de um elefante, com grande pescoço e uma espécie de corcunda. As investigações de Clark indicam que se trata de elefantes de circos itinerantes. A caminho de Inverness, onde actuavam, os circos faziam uma pausa no lago Ness para permitir o descanso doas animais. E quando os elefantes se banhavam no lago, só ficaram visíveis a tromba e dois altos, o primeiro dos quais correspondia na realidade à parte superior da cabeça do animal. Meus amigos agora vamos lá ver uma coisa, esta teoria deita por terra, todos os testemunhos de pessoas que realmente afirmam ter visto um monstro verdadeiro, mas também se ele existe mesmo, é imortal? Ou terá deixado descendentes? Há anos que investigadores tentam encontrar explicações possíveis para todo este mistério, e a verdade é que já conseguiram capturar sons, dizem eles, que omitidos por Nessie. Bom, esta teoria de Clark, não só é um pouco duvidosa, como também consegue estragar o meu sonho, de um dia poder ver este magnífico monstro! (Brincadeirinha) …Na realidade tenho o sonho de viver na Escócia, porque acho um país extremamente bonito como também rural e com umas paisagens singulares! Mítico ou não, esta será sem dúvida uma história, que ainda dará muito que falar!


|By:Me|

Monday, April 10, 2006

Uma história jamais esquecida pelo tempo!

Bem hoje acordei um pouco melancólica, a recordar velhos tempos e tal! E vou resolver falar dessa grande lamechice que atormenta o nosso mundo que é nada mais nada menos que o amor! Pois é meus caros, eu também já fui atacado por esse bicho sedento, que arrasta multidões, que nos consome a alma, que nos deixa uns autênticos parvalhões! Se bem me recordo era um sentimento que me fazia voar, só que nos atira ao chão, quando atingimos a plenitude nos nossos corações! Aconteceu-me a mim, quando eu achava que o meu mundo se resumia apenas a duas pessoas, quando larguei tudo para viver aquilo que eu achei o mais correcto, quando abdiquei das pessoas que são importantes na minha vida e me fazem feliz, eu deparei-me com um mundo maravilhoso, que me fazia sonhar! Sonho esse, que passados uns tempos se veio a tornar no meu maior pesadelo, porque essa sensação, achava eu que duradoura, induziu-me em erro! Também agora não tenho muito mais a apontar a este amor, acho que foi uma experiência magnífica na minha vida, que voltaria a repetir sem dúvida alguma, com todos os erros cometidos! E para que conste esta era uma relação quase perfeita, e talvez por ser assim mesmo, é que se corrompeu aos poucos e poucos! Enfim, nem tudo nesta vida tem que durar, e o que é bom, meus amigos, acaba depressa! Desta relação restam os momentos, todos eles únicos e bons! Amei, amo e se calhar vou amar, pois esquecer não é fácil, mas a minha opinião em relação ao amor modificou e muito! Eu não me considerei nunca uma pessoa romântica, mas aquando o início da minha relação, consegui moldar do meu jeito essa minha vertente, hoje já estou um pouco corrompida em relação a essa questão! Ser romântica ou não também já não é problema meu, estou num mundo de desolação, conflitos, tragédias e guerra, também se não houver um pouco de carinho e amor onde é que nós vamos parar não é? Bom e com esta me vou, este minha história ajudou-me em vários aspectos, mas sem dúvida alguma, há um que é o mais importante, na medida em que me fez evoluir na minha condição de ser humano, hoje sou muito mais “Pessoa” derivado ao facto de ter passado por várias experiências e esta foi sem dúvida a mais relevante de toda a minha vida! Pois não foi só mais uma “curte” ou um namoro sem importância, pois que eu dei um grande significado a tudo o que se passou!


Bom e agora deixou aqui algo que escrevi, num desses momentos difíceis porque passei, quando já sabia o final da minha história:

Já me ardem os olhos só de pensar
Que tenho a terra a tremer debaixo de mim
Porque penso nos problemas
E desejo não os ter…
Quantas vezes morri e não fui enterrada?
Quantas vezes me perguntei se o queria?
Nem obtive resposta, sou mera incompreendida
Mera incompreendida neste mundo de homens tristes!
Os nervos já não os tenho
Perdi-os quando me enfureceste na última vez
Peguei no telefone e desliguei-o
Não tocou jamais, foi o fim!
Não te quis ver, nem te falar
Nosso amor morreu e jaz em paz
Está morto o infeliz, coitado!
Nem dinheiro tive para o funeral.
Desapareceu do mesmo modo como surgiu
Foi rápido, eficaz e fatal!
Conseguiu entrar dentro de mim
Mas morreu infame no minuto a seguir
Brincaste com o fogo, queimaste-me
Quebraste o meu brinquedo que conservo há anos,
Este meu coração feito de madeira
Que se tinha transformado num coração humano
E deleitei-me com esses olhares tão ternos
Tudo fachada e fogo de vista, em vão
Para quê moldares o feitio à força
Quando não abdicas dos outros problemas
Não fales comigo, perdes tempo
Apaga a luz, quero escurecer
Sozinha e triste, em silêncio no meu quarto
Quero rodear-me de gente e sentir-me pequena
Quero olhar a tua fotografia e não te ver
Não te amar nem te sentir!
Não te quero ouvir simplesmente!
Pois o abismo é já ali e eu não pretendo cair!

|By: Me|

Sunday, April 09, 2006

Sou matéria perdida neste infinito imenso
Sou a artéria que bombeia este sangue fervoroso
Sou pessoa quando em tentativas penso
E quando tudo não passa de um esquema rigoroso.
Mato todos os dias ideias
Que não passam de realidades informais
Se este sangue não me corresse nas veias
Tinha as opiniões manifestarem-se por sinais.
E se o que tenho não passa de adrenalina
Que escorre no suor quando me esforço
Não acredito na sina
Mas acredito num reforço
que não seja desta vida, que não seja real
Que seja a fantasia, os sentimentos roubados
E sei que tudo num ciclo experimental
Vai-se desvanecendo aos bocados!
E criei o feitiço do sonho
Para ele não morrer em vão
Hoje o meu medo é medonho
E o que tenho não passa do chão
Transcendental, desumano e egoísta
Que cruel sentimento aparenta
Não passa de um mero artista
Que não sente, não seduz e inventa
Caiu no esquecimento do mundo
Agora é o meu anjo mau mas inocente
Aquele que me humilha de um modo profundo
Mas que no fim me deixa contente!
Abre-me os olhos quando se fecham
Nas trevas que o céu fecunda
E sem ressentimento me deixam
Numa aflição que enormemente abunda!
E se este corpo que sente o toque suave do vento
Pudesse ao menos negar
Tudo o que o meu pensamento
Me tem para confessar!
E a um ritmo desnorteante
Passo à palavra ao algoz
Ele diz que me quer bem, é alucinante,
E eu só ouço a sua voz!


|By:Me|

Para começar...

E aqui estou, mais uma neste mundo da blogosfera...apesar de ter fotolog, não resisti a fazer um blog..heheh..Acho que não vale a pena apresentações, pois prometo revelar-me em todos os posts que fizer! Bom se lerem alguma treta..têm bom remédio..passam à frente ou não lêm...simplesmente! Ei nao quero ser chata lol..enfim...não quero prometer nada para depois nao ter que cumprir...acho que já basta os políticos deste país a fazer isso...pois bem...só espero que gostem e que cumpram o vosso dever como bons leitores que são né?:P

Já me estou a esticar na conversa e não vale a pena...amanhã há mais...